quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

É suspeito. E agora Sousa?

Lista publicada pelo independente em 2005

"As autoridades inglesas consideram o primeiro-ministro José Sócrates suspeito no caso Freeport, de acordo com a próxima edição da revista "Visão" que sairá para as bancas amanhã. Por seu lado, a revista "Sábado" afirma que "os investigadores ingleses querem ver as contas bancárias do primeiro-ministro."Publico

Os ingleses querem saber se José Sócrates facilitou ou recebeu dinheiro no licenciamento do Freeport e para isso solicitam abertura do sigilo bancário. Querem também entrar num domínio pessoal de Sócrates na Net, para terem acesso aos emails.

João Cravinho, saneado pelo PS, autor de uma proposta anti-corrupção, foi claro_ "um governo de gestão não pode aprovar um projecto daqueles"Freitas do Amaral, que foi para o governo de Sócrates fazer o tempo para a reforma e pôs-se a andar, lá veio retribuir o favor a dizer que sim senhor, está tudo dentro da lei.

Há quem diga que a nossa lei é muito boa, agora percebo, agrada a todos. Ouvi há pouco, a procuradora Cândida Almeida dizer, que não senhor, não se passa nada. É uma humilhação para a justiça portuguesa, terem que ser os ingleses a espicaçar o processo, confirmando o que dizem os estudos, que somos dos países mais corruptos da Europa. Enquanto o povo com a cabeça entre as orelhas lá vai remoendo nos brandos costumes, os patos bravos vão-se governando.

Acho interessante uma imagem que vi há dias na sic, em que a alteração à ZPE fantasticamente, só correspondia à área do Freeport de maior densidade. Eu questiono-me. Como é que essa alteração à ZPE, foi inocente e nada teve a ver com o Freeport? Apesar destes exercícios de prosa e ironia que se lêem nos blogs, José Sócrates não está acusado de nada e o que desejamos é que esta justiça desemperre e honre o pais, acabando com as suspeições e limpando o nome dos inocentes.

2 comentários:

Anónimo disse...

Realmente vir falar da justiça inglesa???? Será que já se esqueceu da Menina no Algarve? Os pais matam a miuda e estão em Inglaterra livres que nem uns pombos....
Abra a pestana!!!

O Zé disse...

Caro anónimo, estou convicto que a justiça Inglesa se mexeu porque o novo dono do Freeport, salvo erro,um americano que esteve ligado à CIA, quando viu as contas, quis saber para onde tinham voado uns milhões de euros(o Ricardo Costa da Impresa explicou isto bem). E meu amigo, manda quem pode, o cascalho vai ter de aparecer. Esse senhor com os contactos que tem, sabe concerteza onde está o dinheiro. Os Ingleses são o que são, desde o mapa côr-de-rosa, não tenho ilusões; os MacCan safaram-se pelas ligações ao governo. Mas neste caso a pressão vem via Ingleterra, pressionados pelos novos patrões do Freeporte. Isto é público.