segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Albino: uma marioneta em bicos de pés.

1- Já me estava a admirar, este oportunista não aparecer por ai a dar umas colheradas, 150 000 euros do Ministério da Educação já não o calam.
2 - A idiotice devia pagar imposto, com que então, ir ao Tribunal Constitucional pedinchar serviços mínimos. Bateu no fundo de ridiculo.
3 - O que este senhor devia fazer com as associações de pais, era organizar tempos livres nas escolas com o dinheiro que suga ao ministério. É que nos países que ele gaba, os pais são activos e dinamizam a escola, coisa que ele não faz, além de andar a chorar em bicos de pés e passear-se nos carros do ministério.
4 - A verdade que ele não diz porque se vendeu a Maria de Lurdes:
- é que as escolas não têm funcionários e se os professores não estiverem a fazer de amas secas (tarefa que não é sua), falta a segurança e é preciso fechar.
- Os refeitórios fecham porque são privados, a comida não presta e aquilo é para dar dinheiro, não ligam panelas de 20 litros para fazer 10 almoços.
Portanto Sr Albino, tento na língua, porque se torna ridículo. As suas criticas são à logística, não as cole aos docentes, faça-as directamente ao Ministério, que é quem está em falta.

1 comentário:

Jorge disse...

Este senhor é o retrato fiel do «cidadão activo» português. Servil, fiel ao seu subsídio e sem nenhuma competência para o cargo que ocupa. Para quando uma prova para seleccionar quem pode prestar serviço público? Isso é que era um serviço ao país!